SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Siga @SymantecBR no Twitter!

Symantec apresenta receita sólida no terceiro trimestre

Os resultados do período correspondem às grandes negociavéis, forte demanda por soluções de disponibilidade e ao recorde das receitas preteridas

CUPERTINO, Calif. - 09 de Fevereiro de 2006 - A Symantec Corp. (Nasdaq: SYMC) anuncia os resultados do terceiro trimestre do ano fiscal de 2005, encerrado em 30 de dezembro. A receita GAAP (Princípios Contábeis Geralmente Aceitos) do trimestre de dezembro de 2005 foi de US$ 1.149 milhão e a receita non-GAAP foi de US$ 1,253 milhão. A receita GAAP inclui US$ 104 milhões da receita preterida que foram eliminados dos resultados GAAP como parte do método de integração global (contabilização da compra) relacionado à aquisição da VERITAS Software Corporation. Quanto aos resultados da receita non-GAAP, a receita aumentou 5% em relação à receita combinada non-GAAP correspondente ao US$ 1,192 milhão do trimestre de dezembro de 2004.

Resultados da receita GAAP: O prejuízo líquido da receita GAAP do trimestre de dezembro foi de US$ 91 milhões, como resultado dos dividendos totalmente diluídos por ação GAAP de US$ 0,08. A receita GAAP líquida inclui US$ 166 milhões de gastos relacionados à amortização da aquisição de software e bens intangíveis, remuneração de funcionários, além de integração e reestruturação.

Resultados da receita non-GAAP: O lucro líquido non-GAAP do terceiro trimestre fiscal alcançou US$ 282 milhões, correspondentes a cerca de 5% a mais em relação ao lucro líquido combinado non-GAAP de US$ 269 milhões referentes ao trimestre de dezembro de 2004. Os dividendos totalmente diluídos por ação non-GAAP para o trimestre foram de US$ 0,26 dólar, 18% a mais, comparado aos dividendos combinados por ação non-GAAP do trimestre de dezembro de 2004, correspondentes a US$ 0,22 dólar. Os dividendos combinados por ação non-GAAP deduzem a eliminação nos registros dos gastos de Investigação e Desempenho pendentes de aquisição, amortização da aquisição de software e bens intangíveis, da remuneração de funcionários e os gastos de integração e reestruturação.

Os resultados non-GAAP apresentados nos demonstrativos consolidados excluem certos gastos GAAP deduzidos do imposto e incluem os resultados das operações da VERITAS para os períodos correspondentes, incluindo os ajustes baseados nos valores de mercado dos ativos adquiridos e os passivos assumidos desde a data de aquisição - 2 de julho de 2005 -, além dos rendimentos diferidos que foram eliminados como conseqüência do método de integração global pela aquisição da VERITAS.

"Nosso trimestre de dezembro foi marcado por uma quantidade recorde de grandes transições e rendimentos sólidos das soluções de alta disponibilidade, arquivos de e-mail e cópias de backup, declara John W. Thompson, presidente e diretor-geral da Symantec. "Continuamos acreditando que a combinação dos nossos crescentes rendimentos preteridos, a ampla gama de produtos e a base de diversos clientes serão fatores determinantes para, sistematicamente, obter resultados previsíveis", informa.

Componentes da receita: No trimestre, o segmento de proteção da informação da Symantec representou 26% da receita total e cresceu 16% ao ano nos resultados combinados non-GAAP. O segmento de gerenciamento de armazenamento representou 23% da receita total e teve um aumento anual de 9%. O setor de segurança corporativa representou 21% da receita total, registrando um aumento anual também de 9%. A área de serviços representou 4% da receita total, com um aumento anual de 38%. Por sua vez, o segmento de consumo da Symantec representou 26% da receita total e teve uma redução anual de 10% nos resultados non-GAAP combinados, como era esperado com a mudança para um modelo de reconhecimento da receita favorável.

A receita internacional representou 49% da receita non-GAAP e cresceu 8% em relação aos resultados combinados non-GAAP em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. A região das Américas, que inclui os EUA, a América Latina e o Canadá, contribuíram com 55% da receita total e teve um aumento anual de 2%. A região da Europa, Oriente Médio e África registrou uma receita total de 32% e um aumento anual de 8%. A região do Pacífico Asiático e Japão representaram 13% da receita total e cresceram 11% ao ano nos resultados combinados non-GAAP.

Previsão para o trimestre de março: Para o trimestre de março de 2006, estima-se uma receita GAAP entre US$ 1,19 milhão e US$ 1,22 milhão. São deduzidos US$ 60 milhões da receita prevista que foram gastos através do método de integração global na transação da VERITAS. Os dividendos totalmente diluídos por ação GAAP para o trimestre de março estão estimados em US$ 0,10 dólar para a metade da receita prevista.

A receita non-GAAP para o trimestre de março está estimada em torno de US$ 1,25 milhão, incluindo, aproximadamente, US$ 60 milhões da receita preterida. Os dividendos totalmente diluídos por ação non-GAAP estão estimados em US$ 0,25 dólar para a metade da receita prevista. A receita por ação non-GAAP exclui, aproximadamente, US$ 155 milhões em gastos com a amortização de bens intangíveis relacionados com aquisições e despesas de compensação preteridas.

Previsão para o ano fiscal de 2006: Para o ano fiscal que termina em março de 2006, estima-se uma receita GAAP entre US$ 4,09 milhões e US$ 4,12 milhões. São deduzidos US$ 300 milhões da receita preterida, gastos através do método de integração global na transação da VERITAS, e US$ 559 milhões da receita relacionados com a VERITAS para o trimestre que terminou em 31 de março de 2005. São previstos dividendos totalmente diluídos de US$ 0,24 por ação GAAP para o ano fiscal que termina em março de 2006 para a metade do período de previsão da receita GAAP.

Calcula-se uma receita non-GAAP da Symantec para o ano fiscal de 2006 entre US$ 4,95 e US$ 4,98 milhões incluindo US$ 300 milhões de receita preterida para gastos através do método de integração global na transação da VERITAS e US$ 559 milhões de receita relacionados à VERITAS no trimestre encerrado em 31 de março de 2005. Estimam-se dividendos totalmente diluídos de US$ 0,99 por ação non-GAAP para a metade da previsão de receita non-GAAP, deduzindo aproximadamente US$ 980 milhões relacionados a retirada nos livros dos gastos de pesquisa e desenvolvimento pendentes de aquisição e os gastos relacionados à amortização de bens intangíveis relacionados as aquisições, gastos de compensação preteridos e gastos de integração e reestruturação.

Aspectos mais importantes do trimestre

  • A Symantec assinou 1.134 contratos em todo o mundo por uma quantia superior a US$ 100.000,00 por contrato, dos quais 92 foram por um valor superior a US$ 1 milhão cada um durante o trimestre. Cerca de 50% dessas transações corresponderam a vários produtos e serviços corporativos da Symantec;

  • A Symantec assinou novos contratos e prorrogou outros com clientes como Accredited Home Lenders, uma importante empresa hipotecária que funciona nos EUA e no Canadá; Enterprise Rent-A-Car; HealthSouth Corporation, um dos maiores fornecedores dos EUA de serviços e cirurgia ambulatorial, reabilitação e imagens de diagnóstico de atendimento médico, com sucursais em todo o pais; Sprint Nextel Corporation; Pepco Holdings, Inc., uma das maiores empresas de energia da região do Meio Atlântico dos EUA; Progressive Casualty Insurance Company, uma seguradora de automóveis líder nos EUA: UnumProvident Corporation, líder em proteção de rendimentos de deficientes físicos; Ameren, empresa de serviços de energia; Rohm and Haas Company, empresa de materiais com um capital de US$ 8 bilhões Mervyns LLC, loja de departamentos de promoções dos EUA; Florida Power & Light Company, uma das maiores companhias elétricas e de maior crescimento nos EUA; Hewlett Packard; Encore Credit Corp., uma entidade financeira atacadista; e Westchester County, uma entidade governamental suburbana de Nova York;

  • Os clientes internacionais do trimestre são: Alcatel, fornecedora de soluções de comunicação; Transurban, importante investidora internacional e construtora de estradas de pedágio; MBF Australia, que fornece seguros de saúde e soluções financeiras; Samsung Electronics Co., Ltd.; BiG Vent S.A., distribuidora de valores agregados no crescente mercado de Gerenciamento de Armazenamento de Informação Corporativa (DSM) da Polônia; EDAG Engineering, que fornece soluções avançadas e é fabricante, em nível mundial, dessas soluções para os veículos do futuro; British Telecommunications plc (BT); Yonhap News Agency, serviço exclusivo de notícias via cabo da Coréia e a Fujitsu Services.

Sobre a Symantec
A Symantec é líder mundial no fornecimento de soluções que auxiliam empresas e usuários individuais a garantir segurança, disponibilidade e integridade de suas informações. Com sede em Cupertino, na Califórnia (EUA), a Symantec mantém atividades em 40 países. Informações adicionais estão disponíveis em www.symantec.com.br.

@Symantec