SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Symantec Divulga Resultados Do Terceiro Trimestre de 2007

Empresa anuncia objetivo de US$200 milhões em economia de custos

CUPERTINO, Calif. – 24 de janeiro de 2007 – A Symantec Corp. (Nasdaq: SYMC) divulgou hoje os resultados do terceiro trimestre do ano fiscal de 2007, que terminou em 29 de dezembro de 2006. A receita GAAP do trimestre foi de $1,313 bilhão, e a receita não-GAAP foi de $1,324 bilhão. A receita não-GAAP cresceu 6 por cento em relação ao mesmo período do ano passado.

A receita diferida GAAP no fim do trimestre de dezembro de 2006 foi de $2,46 bilhões. A receita diferida não-GAAP alcançou $2,49 bilhões no fim do trimestre, um crescimento de quase 25 por cento comparado ao trimestre de dezembro de 2005.

Resultados GAAP: A receita líquida GAAP do terceiro trimestre fiscal foi de $114 milhões, comparada aos $91 milhões do mesmo trimestre do ano passado. A receita diluída por ação foi de $0,12, comparada com a receita diluída por ação de $0,08 no mesmo trimestre do ano passado.

Resultados Não-GAAP: A receita líquida não-GAAP do terceiro trimestre fiscal foi de $248 milhões, comparada aos $282 milhões no mesmo trimestre do ano passado. A receita não-GAAP diluída por ação foi de $0,26 em ambos os períodos. Para obter uma reconciliação detalhada de nossos resultados GAAP e não-GAAP, consulte os relatórios financeiros consolidados anexados.

“Após um trimestre decepcionante, estamos caminhando no sentido de alinhar melhor nossos custos com nossas novas expectativas de receita,” disse John W. Thompson, presidente do conselho e executivo-chefe da Symantec. “Estou confiante de que temos a estratégia adequada; no entanto, precisamos aprimorar nossa execução”.

Destaques Financeiros
Nesse trimestre, a área de consumidores da Symantec representou 31 por cento da receita total, com um crescimento de 24 por cento ano a ano em bases não-GAAP. A receita de serviços representou 4 por cento da receita total, e cresceu 8 por cento ano a ano. A área de Gestão de Dados e Segurança representou 39 por cento da receita total, e cresceu 3 por cento ano a ano. A área de Gerenciamento de CPDs representou 26 por cento da receita total, e caiu 8 por cento ano a ano. A receita internacional representou 50 por cento da receita total no terceiro trimestre, e cresceu 7 por cento ano-a-ano em bases não-GAAP. A receita em Ásia-Pacífico / Japão no trimestre representou 14 por cento da receita total, e cresceu 11 por cento ano a ano. As Américas, incluindo Estados Unidos, América Latina e Canadá, representaram 55 por cento da receita total, com um crescimento de 5 por cento ano a ano. A receita da região da Europa, Oriente Médio e África representou 31 por cento da receita total no trimestre, e cresceu 5 por cento ano a ano.

Iniciativa de Economia de Custos
Para alinhar os custos com as novas expectativas de receita, a Symantec pretende reduzir sua estrutura de custos em US$200 milhões. A empresa identificou diversas áreas para atingir seu objetivo: reduzir novas contratações; reduzir despesas com subcontratados e consultoria; reduzir gastos de viagem; consolidar mais algumas instalações; e reduzir a força de trabalho atual em algumas funções de negócios e geografias.

Diretrizes para o Trimestre de Março e para o Ano Fiscal de 2007
A Symantec está reafirmando suas diretrizes revisadas publicadas na terça-feira, 16 de janeiro de 2007. Espera-se que o impacto da iniciativa de economia de custos seja modesto no trimestre de março de 2007, e ele foi levado em consideração nas diretrizes.

Para o trimestre de março de 2007, a receita GAAP é estimada entre $1,24 bilhão e $1,27 bilhão. A receita GAAP diluída por ação no trimestre de março é estimada entre $0,04 e $0,06.No ano fiscal que termina em março de 2007, estima-se que a receita GAAP fique na faixa de $5,08 bilhões a $5,11 bilhões. A receita GAAP diluída por ação é estimada entre $0,36 e $0,39.É possível, no entanto, que exista um gasto de reestruturação relacionado aos esforços de economia de custos que afetaria a receita GAAP no trimestre de março de 2007.

Para o trimestre de março de 2007, a receita não-GAAP é estimada entre $1,25 bilhão e $1,28 bilhão. A receita não-GAAP diluída por ação é estimada entre $0,18 e $0,20.No ano fiscal que termina em março de 2007, estima-se que a receita não-GAAP fique na faixa de $5,13 bilhões a $5,16 bilhões. A receita não-GAAP diluída por ação é estimada entre $0,92 e $0,95.

Espera-se que a receita diferida fique na faixa de $2,60 bilhões e $2,65 bilhões. Espera-se que o fluxo de caixa operacional seja da ordem de $1,5 bilhão.

Destaques do Trimestre
• A Symantec assinou durante esse trimestre 389 contratos no mundo inteiro com valor superior a $300.000 cada, sendo 112 deles maiores que $1 milhão. Desses 389 contratos, cerca de 80 por cento foram transações envolvendo múltiplos produtos.

• Na América do Norte a Symantec assinou contratos novos ou extensões com clientes que incluem a Devon Energy Corp., um dos maiores produtores independentes de óleo e gás, operando ainda em processamento de gás natural e líquidos derivados de gás natural na América do Norte; Nortel, um líder global no fornecimento de funcionalidades de comunicação; Palm Inc., um líder em computação móvel; Savvis, Inc., um líder global de serviços de infra-estrutura de TI para aplicativos de negócios; e o Serviço de Correios dos Estados Unidos, que entrega 213 bilhões de itens de correspondência para mais de 146 milhões de casas, empresas e caixas postais em praticamente qualquer estado, cidade e vilarejo dos Estados Unidos.

• Dentre os contratos novos ou estendidos com clientes internacionais estão Absa Group Limited, uma das maiores organizações de serviços financeiros da África do Sul; ANZ, uma das maiores instituições financeiras da Austrália; Bank of Communications Co., Ltd, um dos famosos bancos comerciais da China; Beijing Mobile e Hebei Mobile, subsidiárias da China Mobile Ltd., o principal fornecedor de serviços móveis da China; CTI Móvil, uma subsidiária da América Móvil, S.A. de C.V., o fornecedor-líder de serviços wireless na América Latina, com mais de 115 milhões de assinantes wireless registrados em outubro de 2006; Fujian Telecom, uma subsidiária da China Telecom Corporation Limited; HDFC, um dos maiores bancos do setor privado da Índia, com mais de 400 agências e escritórios no país inteiro; KAZ, a maior empresa de Tecnologia de Informação e Comunicação da Austrália, e um fornecedor-líder de serviços gerenciados de TI; Malam Communications, uma empresa especializada em diversas soluções de TI atendendo a centenas de clientes em todos os setores da economia; Mindware SA, um dos principais distribuidores de produtos de TI de qualidade para o Oriente Médio e África do Norte; Mobile Telephone Networks (MTN), uma operadora de rede celular GSM oferecendo serviços em 21 países da África e do Oriente Médio; National Commodity & Derivatives Exchange Limited (NCDEX), uma bolsa de valores online gerenciada profissionalmente em âmbito nacional; Rostelekom, a operadora nacional de telecomunicações de longa distância da Rússia; The Suncorp Group, uma das principais organizações bancárias, de seguros, investimentos e planos de pensão; e WIPRO Limited, o maior Fornecedor independente de Serviços de P&D do mundo.

Sobre a Symantec
A Symantec é líder global em softwares para infra-estrutura, permitindo que usuários e empresas tenham confiança em um mundo conectado. A empresa ajuda seus clientes a proteger seus ambientes de TI, informações, e transações on-line por meio de softwares e serviços que abordem riscos em segurança, disponibilidade, conformidade e desempenho. Sediada em Cupertino, Califórnia, a Symantec opera em 40 países. Mais informações disponíveis em www.symantec.com.br.