SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Siga @SymantecBR no Twitter!

Symantec apresenta diagnóstico atualizado sobre níveis e tendências de Spam

 

São Paulo, 13 de agosto de 2007 - O novo State of Spam Report da Symantec (relatório de diagnóstico do nível de Spam), referente ao mês de julho de 2007, revela que enquanto a atividade geral de Spam permaneceu estável, mantendo-se em 66% do total de e-mails, as táticas empregadas para sua propagação continuam sofrendo alterações. Já o Spam associado à imagem teve uma queda brusca (8% do total em julho, comparado a 52% em janeiro do mesmo ano).  

Por outro lado, a propagação de Spam através de anexos do tipo PDF tornou-se mais freqüente, conforme explica Doug Bowers, diretor sênior de anti-abusing engineering da Symantec: “Atribuímos o declínio no uso de spam de imagem ao fato de os distribuidores de softwares terem obtido sucesso no bloqueio a esse tipo de ataque, o que naturalmente forçou os produtores de Spam a procurar novas alternativas”.  

Um fato relevante é que a Symantec observou pela primeira vez, durante o mês de julho, uma amostra de Spam camuflado de Google Blogs Alert.
 

Outros pontos interessantes:  
-
Spam de PDF continuou em crescimento durante o mês de julho de 2007, ficando entre 2% e 8% de todo o Spam detectado no período. “Não é nenhuma surpresa o fato de que os produtores de Spam estejam priorizando PDFs,  pois assim como o Spam de imagem eles têm, em média, o dobro do tamanho das mensagens convencionais recebidas por e-mail. Isso torna sua detecção bastante difícil, colocando os mesmos desafios a ISPs e empresas em geral”, disse Bowers.   

- Arquivos do tipo Excel e Zip apresentaram incremento na freqüência com que foram utilizados como veículos de Spam. “A tendência mais marcante neste caso é o crescimento do número de casos de Spam veiculados através de anexos” disse Bowers. “Esperamos assistir a um aumento no número de ocorrências ligadas ao uso do MS Excel, MS Word, arquivos do tipo Zip e ainda outros formatos que possam ser utilizados como veículos de Spam nos próximos meses”. 
-
O uso de cartões eletrônicos de felicitação para o envio de mensagens não solicitadas continua a ser o método preferido dos criadores de Spam. A Symantec monitorou o envio de mais de 250 milhões de mensagens classificadas como Spam aos usuários durante o mês de julho.  

-
O Spam proveniente de importantes domínios chineses também sofreu aumento significativo no período.

- Houve mudanças notáveis na atividade de Spam EMEA comparada à mesma atividade medida três meses atrás (em abril/2007), tais como declínio de Spam financeiro e adulto e aumento de Spam relacionado à saúde e a produtos em geral. Constatou-se também uma tendência a ataques mais localizados.

@Symantec