SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Spam cresce mais de 10% em dezembro

 

De acordo com o Relatório Symantec Sobre Spam do mês de janeiro, durante as festas de dezembro e a medida que se aproximava o fim de ano, a presença de spam elevou-se mais de 10%. Enquanto que no início de dezembro este fenômeno representava 72% do correio mundial, nos últimos dias de 2007 esta cifra chegou até os 83%.

 

Isso foi devido em grande parte ao fato de que durante dezembro os emissores de spam decidiram trocar suas técnicas habituais pelas festas e férias, incorporando palavras relacionadas a esses assuntos em URLs, títulos e imagens dentro de suas mensagens. As mensagens enviadas pelos emissores de spam buscavam sensibilizar os leitores e oferecer-lhes idéias de presentes, tais como aparelhos eletrônicos, cartões de presente e imatações de produtos entre outros. Como resultado, durante o mês de dezembro a Symantec observou aproximadamente 93 milhões de mensagens de spam relacionadas às diversas comemorações.

 

Algumas tendências adicionais relacionadas ao spam e que foram detectadas pela Symantec são: 

 

Ano Novo não tão feliz   Através de uma mensagem, os usuários receberam convites para descarregar uma canção divertida a respeito do fim de ano porém, ao clicar-se nela ao invés da melodia o usuário descarregava material malicioso.

 

Os emissores de spam ficaram honestos? Alguns emissores de spam retomaram o uso de um velho truque que envolve promessas de pagamentos de até 100.000 dólares. 

 

Emissores de spam aproveitam a alta nos preços do petróleo Os emissores de spam distribuiram um novo spam que diz identificar postos de gasolina ou estações de serviço que adulteram suas bombas, prejudicando os usuários.

 

Cuidado com os blogs O uso de blogs dentro do spam parece estar em alta, especialmente na China.

 

Detalhes adicionais sobre as tendências do spam encontram-se disponíveis no Relatório Symantec sobre Spam do mês de janeiro. Estamos à disposição para quaisquer informações adicionais sobre o tema.