SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Pais, atenção!

Pesquisa Norton Online Living Report revela o que as crianças experts em internet sabem que os pais não sabem

CUPERTINO, Califórnia – 13 de fevereiro de 2008 – Pais, vocês tem idéia do que seus filhos estão fazendo online? E vocês, o que estão fazendo online? Falando com desconhecidos? Vocês gostam de seus amigos virtuais mais do que de seus amigos concretos? Já utilizaram a Internet para encontrar um namorado, pagar contas ou disputar um jogo? Imagina como se compara ao resto do mundo?

 

Para Symantec (Nasdaq: SYMC), fabricante do software de segurança Norton, é importante saber como os usuários de Internet e suas famílias utilizam seu tempo online. Por isso, em conjunto com a Harris Interactive, foi perguntar a milhares de crianças e adultos de todo o mundo sobre seu comportamento na web. Para esta pesquisa, foram entrevistados usuários de Internet nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Alemanha, França, Brasil, China e Japão, sobre quase tudo relacionado à Internet (questionário que apuravam, inclusive, informações sobre sites pornográficos). Todos os resultados foram cataolgados inédito Norton Online Living Report (NOLR).

 

Uma das descobertas principais da pesquisa foi a de que muitos usuários adultos – 45% em todo o mundo - relataram que já fizeram amigos online, o que leva ao entendimento de que o velho ditado “não fale com estranhos” não se aplica aos mundos virtuais. Mais surpreendente foi o fato de que metade dos usuários que fizeram amigos na rede, dizem que apreciam esses relacionamentos tanto quanto, ou até mais, do que as amizades feitas fora da rede. Outras atividades online valorizadas pelo mundo são namorar, usar sites de relacionamento e disputar jogos.

 

 

O que as crianças de todo o mundo estão fazendo na rede

 

Pais e mães pensam que sabem o que seus filhos estão fazendo na Internet, mas a pesquisa mostra que existe uma discrepância entre o que eles pensam e o que realmente acontece. Os pais nos Estados Unidos, por exemplo, acreditam que seus filhos permanecem online por duas horas em um mês, mas na realidade as crianças relatam que permanecem online 20 horas por mês. E 41% dos adolescentes com idades entre 13 e 17 anos concordam que seus pais não têm idéia sobre o que eles estão buscando na Internet. O que as crianças estão realmente fazendo na Internet?

 

  •   Fazendo amigos.  Cerca de 4 em cada 10 crianças com idades entre 8 e 17 anos fizeram amigos online. Quando se trata de adolescentes a porcentagem aumenta, com 60% dos adolescentes com idades entre 13 e 17 anos relatando que fizeram amizade com outras pessoas online. Uma em cada três crianças nos Estados Unidos relata que prefere passar seu tempo com amigos virtuais tanto quanto ou mais do que com amigos concretos.
  • Relacionamento social.  67% dos adolescentes com idades entre 13 e 17 anos visita sites de relacionamento “constantemente” ou “freqüentemente”. Os Filhos aproximam-se de seus pais no que diz respeito ao uso de sites de relacionamento. Ilustra esse fato a porcentagem de 47% entre os pais norte-americanos que “constantemente”, “freqüentemente” ou “ocasionalmente” utilizam websites de relacionamento enquanto 46% das crianças americanas fazem o mesmo. Na China os números são 78% dos adultos e 85% das crianças.
  • Compras online.  Mais de uma em cada três crianças dos Estados Unidos afirmam ser “muito confiantes” ou “confiantes” em relação a compras online. Esse número atinge 69% entre crianças chinesas.
  • Obtendo solicitações de informação pessoal. Cerca de 4 em cada 10 adolescentes (42%) com idades entre 13 e 17 anos recebeu solicitação de informação pessoal.
  • Sendo abordado por desconhecidos. As crianças americanas relatam que 16% delas foi abordada por um desconhecido online; entretanto, os adultos americanos acreditam que apenas 6% das crianças tenha sido abordada por um desconhecido.

 

Além disso, a pesquisa revela que em média, menos de 48% dos pais em todo o mundo estabelecem controles familiares e monitoram as atividades de suas crianças na Internet.

 

Outros resultados da pesquisa

 

  •   Blog-o-rama.  Cerca de 1 em cada 5 adultos trabalha em seu blog pessoal pelo menos de vez em quando. Mas esse número dispara entre os chineses (astronômicos 87%) e brasileiros (44%).
  • “Caçar” um encontro. Cerca de duas vezes mais homens do que mulheres relatam que tiveram encontros online.
  • Consumidores lêem notícias online. Por todo o globo os usuários de Internet relatam que lêem notícias online com a mesma freqüência com que o fazem em jornais e revistas impressos tradicionais.
  • Beleza e moda. Cerca de 4 em cada 10 internautas no mundo inteiro obtêm dicas de moda e beleza online. O Brasil lidera esse quesito com 69% dos usuários online afirmando que obtêm dicas de moda e beleza na rede.
  • Usuários de Internet registram vendas online. Metade dos usuários de Internet sente-se confiante quando efetuam compras online, sendo a maior confiança no Reino Unido (78%) e nos Estados Unidos (63%). A região que apresentou o menor nível de confiança ao realizar compras online é o Japão, onde apenas 33% disseram ser “confiantes” com relação a compras pela Internet.
  • Sexo online. Mais de um terço dos adultos em todos os países relataram que visitam websites pornográficos, com mais de metade dos chineses e brasileiros fazendo o mesmo.
  • Desperdício de tempo. Cerca de 4 em cada 10 usuários adultos possuem um console de vídeo game, exceto na Alemanha onde esse número sobe para cerca de 2 em 10 adultos.
  • Estereótipo. Um número maior de homens do que de mulheres acompanham esportes por meio da Internet - – 62% dos homens comparado a apenas 28% das mulheres.
  • Sem supresas. Quase todos os adultos (98.6%) em todos os países enviam email pelo menos de vez em quando.

 

Ainda, por meio do site www.norton.com/onlineliving, a Symantec procura manter estes dados sempre atualizados. Nele, os usuários de internet podem responder a um questionário e participar da pesquisa.

 

Os especialistas opinam

 

 “Os pais estão no escuro quando o assunto é saber o que seus filhos fazem na Internet. Eles não têm idéia de quanto tempo seus filhos gastam online. Eles não sabem o que seus filhos acessam quando eles estão online. E eles certamente não sabem com quem seus filhos falam online. Este relatório demonstra claramente uma divisão digital global entre pais e seus filhos ciber-proficientes. Sempre ensinamos nossos filhos a não falar com desconhecidos no mundo concreto e agora devemos ensiná-los como existir com segurança em um mundo online cheio de desconhecidos”. Marian Merritt, Conselheira de segurança na Internet, Symantec.

 

“Tecnologias de comunicações em duas vias – tais como VoIP, chat e instant message – foram perfeitamente integradas nos jogos online, mundos virtuais, sites de comércio eletrônico e muito mais. A integração aconteceu tão rapidamente que nunca paramos para pensar que estávamos na verdade nos conectando com desconhecidos, mesmo em um mundo virtual. É apenas natural que os relacionamentos originados na Internet eventualmente migrem para o mundo concreto. O que mais nos surpreendeu foi quão rápido esta migração ocorreu e quão profundamente infiltrou-se em quase todas as atividades, desde encontros românticos e relacionamentos em geral ao uso de serviços bancários na Internet e a busca por informação”. Dave Cole, gerente de produto sênior, Norton da Symantec.

 

Informações adicionais

 

  • Acesse o hotsite do Norton Online Living para mais informação, vídeos interessantes, e o relatório completo em www.norton.com/onlineliving 
  • Como permanecer seguro online, incluindo como conversar com seus filhos sobre segurança na Internet - Visite o website Norton Family Resources em www.norton.com/familyresources. A partir desse site pode-se enviar um email para a Conselheira sobre segurança na Internet Marian Merritt, com suas dúvidas, sugestões e histórias.

 

A importância do Norton Online Living Report

 

A Symantec quer que os clientes de todo o mundo possam realizar suas atividades online com segurança e liberdade – esse é o compromisso da empresa com os usuários de Internet do mundo todo – e este relatório possibilita a melhor compreensão do comportamento dos clientes de modo que a eliminar e reduzir riscos. Este relatório permite o aperfeiçoamento da premiada linha de produtos Norton, proporcionando serviços aprimorados e específicos além de antecipar as ameaças e tendências online.

 

Sobre a pesquisa

 

A pesquisa Norton Online Living Report foi realizada online em oito países ( Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Alemanha, França, Brasil, China e Japão) pela Harris Interactive a pedido da Symantec entre 12 de novembro e 17 de dezembro de 2007. Foram entrevistados 4.687 adultos com 18 anos ou mais e 2.717 crianças com idades entre 8 e 17 anos que utilizam uma ou mais horas online por mês. Os resultados foram medidos conforme a necessidade de serem representativos da população de usuários de Internet adultos e crianças de cada país. O estudo geral entabulou entrevistas de 15 minutos de duração entre adultos e entrevistas de 5 minutos de duração com crianças. As perguntas feitas foram idênticas em todos os países, com alguma sobreposição entre as pesquisas realizadas com adultos e com crianças.

 

Sobre a Symantec

 

A Symantec é um líder global em softwares de infra-estrutura, permitindo que empresas e consumidores tenham confiança em um mundo conectado. A empresa ajuda seus clientes a proteger sua infra-estrutura, interações e informação através do provimento de softwares e serviços voltados à segurança, disponibilidade, compliance e desempenho. Sediada em Cupertino, Califórnia, a Symantec possui operações em 40 países. Mais informação está disponível em www.symantec.com.br