SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Siga @SymantecBR no Twitter!

Symantec registra forte receita e lucro no primeiro trimestre

Os resultados foram impulsionados pela aceitação do amplo portfolio de produtos e sólida execução

CUPERTINO, Calif. – 31 de Julho de 2008 – A Symantec Corp (Nasdaq: SYMC) divulgou hoje os resultados do primeiro trimestre do ano fiscal de 2009, que terminou em 4 de julho de 2008. A receita GAAP para o trimestre foi $1,650 bilhão e a receita não-GAAP foi $1,655 bilhão, um aumento de 16 % em relação ao mesmo período do ano passado.



Resultados GAAP: A receita líquida GAAP do primeiro trimestre do ano fiscal de 2009 foi $187 milhões, comparada aos $95 milhões para o mesmo trimestre do ano passado. O lucro GAAP diluído por ação foi de $0,22, comparado com o lucro por ação de $0,10 no mesmo trimestre do ano passado.

Resultados Não-GAAP: A receita líquida Não-GAAP do primeiro trimestre do ano fiscal de 2009 foi $342 milhões, um aumento de 30 % comparado aos $263 milhões para o mesmo trimestre do ano passado. O lucro não-GAAP diluído por ação foi de $0,40, um aumento de 38 % comparado com o lucro por ação de $0,29 no mesmo trimestre do ano passado. Para obter uma reconciliação detalhada de nossos resultados GAAP e não-GAAP, consulte os relatórios financeiros consolidados em anexo.

A receita diferida GAAP no fim do trimestre foi de $3,012 bilhões. A receita não-GAAP diferida cresceu 12 %, chegando a $3,025 bilhões, comparada a $2,709 bilhões no final do primeiro trimestre do ano fiscal de 2008.

O fluxo de caixa de atividades operacionais para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2009 foi de $414 milhões, um aumento de 18 % comparado aos $351 milhões para o mesmo trimestre do ano passado.

“O forte crescimento no trimestre foi impulsionado pela capacidade da nossa equipe de executar vendas cruzadas e vendas incrementais usando a amplitude de nosso portfolio de produtos, o que se reflete no número de grandes transações que incluem múltiplos produtos”, disse John W. Thompson, presidente e CEO da Symantec. “O ano fiscal começou muito bem com sólida execução e desempenho em todos os segmentos e geografias”.


Destaques Financeiros
No trimestre, o segmento de Gestão de Servidor e Armazenamento da Symantec representou 37 % da receita total não-GAAP, com um crescimento de 20 % ano a ano. A área de negócios para o Consumidor representou 29 % da receita total não-GAAP, com um crescimento de 12 % ano a ano. O segmento de Segurança e Cumprimento representou 27 % da receita total não-GAAP, e cresceu 12 % ano a ano. A área de Serviços representou 7 % da receita total não-GAAP e cresceu 35 % ano a ano.

A receita internacional representou 52 % da receita total não-GAAP no primeiro trimestre do ano fiscal de 2009, e cresceu 19 % ano a ano. A região da Europa, Oriente Médio e África representou 34 % da receita total não-GAAP no trimestre, e cresceu 20 % ano a ano. A receita em Ásia-Pacífico/ Japão no trimestre representou 14 % da receita total não-GAAP, e cresceu 20 % ano a ano. As Américas, incluindo Estados Unidos, América Latina e Canadá, representaram 52 % da receita total não-GAAP, com crescimento de 13 % ano a ano.


Diretrizes do Segundo Trimestre do Ano Fiscal de 2009
Para o segundo trimestre do ano fiscal de 2009, que termina em 3 de outubro de 2008, a receita GAAP estimada ficará entre $1,520 bilhão e $1,560 bilhão. O lucro GAAP diluído por ação é estimado entre $0,15 e $0,17.
Para o trimestre, a receita não-GAAP é estimada entre $1,525 bilhão e $1,565 bilhão. O lucro não-GAAP diluído por ação é estimado entre $0,34 e $0,36.
Espera-se que a receita GAAP diferida fique na faixa de $2,865 bilhões e $2,965 bilhões. Espera-se que a receita não-GAAP diferida fique na faixa de $2,875 bilhões e $2,975 bilhões.


Destaques do Trimestre
A Symantec assinou 336 contratos no mundo inteiro, comparado a 249 no mesmo período do ano passado, com um valor de contrato de mais de $300.000 cada. Dos 336 contratos, 85 tinham valor maior que $1 milhão cada, comparado a 48 contratos no mesmo período um ano atrás. No primeiro trimestre do ano fiscal de 2009, aproximadamente 80 % das grandes transações incluíram múltiplos produtos.

A Symantec assinou contratos novos ou extensões com clientes que incluem a Servizi Bancari Associati SpA, uma empresa italiana de terceirização de TI que oferece serviços centralizados de TI para mais de 30 bancos nacionais italianos; Cidade de Cape Town; Rabobank, o fornecedor holandês de serviços financeiros que opera com princípios de cooperativa; TISCALI, uma empresa independente de telecomunicação; CompSec, um fornecedor líder de soluções de tecnologia para a comunidade de inteligência; Harris Corporation, uma empresa internacional de comunicações e tecnologia da informação; Polkomtel, uma das três maiores operadoras de telefonia móvel na Polônia; e a SK Energy, um fornecedor líder de energia na Coréia.



Sobre a Symantec
A Symantec é um líder global no fornecimento de soluções de segurança, armazenamento e gestão de sistemas para ajudar empresas e clientes a proteger e gerenciar suas informações. Com sede em Cupertino, Califórnia, a Symantec opera em mais de 40 países. Mais informações estão disponíveis no endereço www.symantec.com.br.



AFIRMAÇÕES ESPECULATIVAS: Esse comunicado de imprensa contém declarações relacionadas aos nossos resultados financeiros e de negócios, que podem ser consideradas especulativas de acordo com a legislação federal de valores mobiliários dos Estados Unidos, incluindo declarações relacionadas a projeções de receita futura, ganhos por ação e receita diferida, além de projeções de amortização de intangíveis relacionados a aquisições, remuneração baseada em ações e encargos de reestruturação. Essas declarações são sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores que podem fazer com que os nossos resultados, níveis de atividade, desempenho ou realizações efetivos sejam materialmente diferentes dos resultados expressos ou implícitos nesse comunicado de imprensa. Tais fatores de riscos incluem aqueles relacionados a: manutenção dos relacionamentos com clientes e parceiros; crescimento previsto de certos segmentos de mercado, particularmente aqueles relacionados à segurança e armazenamento; o ambiente competitivo da indústria de software; mudanças em sistemas operacionais e estratégias de produtos efetuadas por fornecedores de sistemas operacionais; flutuações nas taxas de câmbio; o cronograma e a aceitação do mercado de novos lançamentos de produtos e melhorias; o desenvolvimento bem-sucedido de novos produtos e a integração de empresas adquiridas, e os níveis de aceitação de mercado que esses produtos e empresas conseguirão. Os resultados efetivos podem diferir materialmente daqueles contidos nas afirmações especulativas desse comunicado de imprensa. Nós não assumimos qualquer responsabilidade e não pretendemos atualizar essas declarações especulativas em caso de futuros eventos ou alterações. Informações adicionais relativas a esses e outros fatores de risco estão na seção de Fatores de Risco do nosso Formulário 10-K para o ano encerrado em 28 de março de 2008.

USO DE INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO-GAAP: Nossos resultados operacionais têm passado por mudanças significativas devido a uma série de aquisições, ao impacto da SFAS 123(R) e outros eventos corporativos. Para ajudar os nossos leitores a entender nosso histórico de desempenho financeiro e nossos resultados futuros, nós complementamos os resultados financeiros fornecidos de acordo com os princípios contábeis geralmente aceitos, ou GAAP, com medidas financeiras não-GAAP. O método utilizado para produzir os resultados não-GAAP não é compatível com os métodos GAAP, e pode diferir do método usado por outras empresas. Nossos resultados não-GAAP não devem ser considerados isoladamente ou como substitutos para as medidas GAAP comparáveis, devendo ser lidos somente em conjunto com nossas declarações financeiras consolidadas preparadas de acordo com o GAAP. Nossa gerência usa regularmente nossas medidas financeiras suplementares não-GAAP internamente para compreender, gerenciar e avaliar nossos resultados e tomar decisões operacionais. Essas medidas não-GAAP estão entre os principais fatores usados pela gerência no planejamento de períodos futuros. Recomenda-se aos investidores rever a reconciliação de nossas medidas financeiras não-GAAP com os resultados GAAP comparáveis, que está anexada ao nosso comunicado de receita trimestral e pode ser encontrada, juntamente outras informações financeiras, na página de relacionamento com o investidor em nosso endereço web www.symantec.com/invest.

@Symantec