1. /
  2. Security Response/
  3. Glossário/
  4. DoS (denial-of-service) attack (ataque de DoS (negação de serviço))
  • Compartilhar

Glossário

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Z | _1234567890

DoS (denial-of-service) attack (ataque de DoS (negação de serviço))

Um método que os hackers usam para impedir ou negar a usuários legítimos o acesso a um computador. Os ataques de DoS são executados normalmente usando ferramentas de DoS que enviam muitos pacotes de pedidos a um servidor de destino da Internet (geralmente Web, FTP ou servidor de e-mail). O ataque inunda os recursos do servidor e torna o sistema inutilizável. Todo sistema conectado à Internet e equipado com os serviços de rede com base no TCP está sujeito ao ataque.

Por exemplo, imagine que um hacker cria um programa que liga para uma pizzaria local. A pizzaria atende ao telefone, mas descobre que é um trote. Se o programa repetir essa tarefa continuamente, impedirá que clientes legítimos peçam uma pizza porque a alinha telefônica está ocupada. Esta técnica é chamada negação de serviço e é semelhante a um ataque de negação de serviços. Muitas ferramentas de ataque de negação de serviços são capazes de um ataque de negação de serviços distribuído. Por exemplo, imagine que o hacker plante secretamente um programa em muitos computadores na Internet. Esse ataque tem um impacto maior porque há mais computadores ligando para a mesma pizzaria. Como o programa não está em execução pelo computador do invasor, é difícil rastrear o invasor. O invasor controlou apenas o computador que secretamente fez a instalação do programa. As ferramentas de DoS como TFN, TFN2K e Trinoo são ferramentas distribuídas de ataque de negação de serviços. As ferramentas de ataque de negação de serviços podem ser instaladas secretamente em um grande número de sistemas. Os sistemas que têm as ferramentas de ataque de negação de serviços instaladas sem conhecimento são chamados agentes zumbis ou "drones".