SOBRE A SYMANTEC

  • Compartilhar

News Release

Siga @SymantecBR no Twitter!

Symantec Anuncia Transição de CEO

Michael Brown é nomeado CEO interino e substitui Steve Bennett
MOUNTAIN VIEW, Califórnia – 20 de março de 2014 – A Symantec (Nasdaq: SYMC) anuncia que seu conselho diretivo nomeou Michael Brown, membro do conselho, como presidente interino e diretor executivo com efeito imediato. Esta nomeação segue o desligamento de Steve Bennett como presidente e executivo-chefe da companhia e sua demissão do conselho de administração da Symantec. Um comitê especial do conselho começará imediatamente a busca por um CEO permanente com o auxílio de uma empresa líder em recrutamento.
Em nome do conselho da Symantec, o presidente Daniel Schulman comenta, "nós reconhecemos as contribuições de Steve à Symantec, incluindo o desenvolvimento e a liderança de uma série de iniciativas bem-sucedidas voltadas para o realinhamento organizacional, redução de custos e eficácia do processo. Estas mudanças têm ajudado a estabelecer uma base sólida para o futuro da Symantec. Nós permanecemos comprometidos com o nosso crescimento orgânico da receita maior que 5% e com uma meta de margem operacional non-GAAP superior a 30% até o ano fiscal 2017, como anunciado anteriormente. Nossa prioridade é identificar um líder que possa aproveitar os ativos da nossa empresa para conduzir a próxima fase da inovação e do crescimento de produtos da Symantec. Esta decisão foi considerada resultado de um processo deliberativo em curso e não precipitada por qualquer evento ou impropriedade".
Brown entrou no conselho de administração da Symantec após a fusão da empresa com a VERITAS Software em julho de 2005 e, anteriormente, atuou como presidente e diretor executivo da Quantum Corporation. Sob sua liderança, a Quantum cresceu de US$ 3 bilhões a US$ 6 bilhões em receita e ocupou posições de liderança de mercado em dados de back-up e soluções de arquivamento. Mais recentemente, o executivo foi presidente do conselho e diretor técnico executivo de diversas empresas de tecnologia – bem-sucedidas antes de suas aquisições, incluindo EqualLogic, Linha 6 e The Nest Echo. Além de seu profundo conhecimento sobre empresas em crescimento, Brown tem uma vasta experiência em liderança e desenvolvimento de gestão executiva.
De acordo com Brown "com as recentes contratações estratégicas, temos uma equipe de liderança que é capaz de acelerar nosso crescimento e estamos ansiosos para trabalhar de forma aproximada a eles para ajudar a executarem a próxima fase do plano de transformação da empresa. A necessidade de proteger e gerenciar as informações nunca foi tão forte e nós devemos agir agressivamente para capturar uma parte crescente deste mercado. Ao se concentrar na inovação de produtos e iniciativas de crescimento, pretendemos alavancar ativos enormes da Symantec em ambas as aplicações empresariais e de consumo para melhorar a nossa posição como líder de mercado".
Como presidente interino e executivo-chefe, Brown trabalhará com a equipe executiva da Symantec para facilitar uma transição de liderança ordenada enquanto supervisiona a transformação contínua da empresa. O executivo permanecerá no conselho da Symantec, mas não mais na atuação do Comitê de Remuneração e Desenvolvimento de Liderança ou Comitê de Nomeação e Governança. O Conselheiro Robert S. Miller irá substituí-lo como o presidente do Comitê de Remuneração e Desenvolvimento de Liderança.
Perspectivas de Negócios
A Symantec também reiterou a sua orientação para o quarto trimestre do ano fiscal de 2014, que foi fornecida anteriormente em 29 de janeiro de 2014. Para o quarto trimestre do ano fiscal de 2014, esperamos:
  • Receita de US$ 1,615 para US$ 1,655 milhão, em comparação com US$ 1,748 no período do ano anterior.
  • A margem operacional GAAP de 18% para 19,5% em comparação com 14,6% no período do ano anterior.
  • A margem operacional non-GAAP de 24,5% para 26% em comparação com 24,1% no período do ano passado.
  • Os lucros GAAP diluídos por ação entre US$ 0,29 e US$ 0,31, em comparação com US$ 0,27 no período do ano anterior.
  • Non-GAAP diluído por ação entre US$ 0,40 e US$ 0,42, em comparação com US$ 0,44 no período do ano anterior.

Sobre a Symantec

A Symantec Corporation (Nasdaq: SYMC) é líder em proteção das informações e ajuda as pessoas, empresas e governos que buscam a liberdade para desbloquear as oportunidades que a tecnologia traz - a qualquer hora e em qualquer lugar. Fundada em abril de 1982, a Symantec, uma empresa da Fortune 500, opera uma das maiores redes de inteligência de dados globais que proporciona segurança, backup e soluções de disponibilidade para onde a informação vital é armazenada, acessada e compartilhada. A companhia possui mais de 21.500 funcionários em mais de 50 países. Noventa e nove por cento das empresas da Fortune 500 são clientes da Symantec. No ano fiscal de 2013, a companhia registrou uma receita de US$ 6,9 bilhões. Para saber mais acesse: www.symantec.com.br ou conecte-se com a Symantec no go.symantec.com/socialmedia.
NOTA PARA OS EDITORES: Se quiser obter informações adicionais sobre a Symantec Corporation e seus produtos, por favor, visite a Symantec News Room em http://www.symantec.com/news. Todos os preços estão descritos em dólares americanos e são válidos apenas nos Estados Unidos. A Symantec e o logotipo da Symantec são marcas comerciais ou marcas registradas da Symantec Corporation ou de suas afiliadas nos EUA e outros países. Outros nomes podem ser marcas comerciais de seus respectivos proprietários.
DECLARAÇÕES DE PREVISÃO: Este comunicado de imprensa contém declarações relacionadas aos nossos resultados financeiros e de negócios, que podem ser consideradas prospectivas dentro do significado das leis de títulos federais dos EUA, incluindo projeções de receita futura, margem operacional e lucro por ação, bem como projeções de amortização de intangíveis relacionados a aquisições, remuneração e encargos de reestruturação com base em ações. Estas declarações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores que podem causar resultados reais, níveis de atividade, desempenho ou realizações para diferir materialmente dos resultados expressos ou implícitos neste comunicado de imprensa. Esses fatores de risco incluem aqueles relacionados a condições econômicas gerais; manutenção de relacionamentos com clientes e parceiros, o crescimento previsto de certos segmentos de mercado, nomeadamente em matéria de segurança e armazenamento, o ambiente competitivo na indústria de software, mudanças em sistemas operacionais e estratégia de produto por fornecedores de sistemas operacionais; flutuações nas taxas de câmbio, o cronograma e a aceitação de novos lançamentos de produtos e atualizações de mercado, o desenvolvimento bem sucedido de novos produtos e integração de empresas adquiridas, e do grau em que esses produtos e as empresas obtêm a aceitação do mercado. Os resultados reais podem diferir materialmente daqueles contidos nas declarações prospectivas neste comunicado de imprensa. Nós não assumimos nenhuma obrigação e não pretendemos atualizar essas declarações prospectivas, como resultado de eventos ou desenvolvimentos futuros. Informações adicionais sobre estes e outros fatores de risco estão disponíveis nas seções Fatores de Risco do nosso Formulário 10- K para o ano encerrado em 29 de março de 2013.

USO DE INFORMAÇÃO FINANCEIRA NON-GAP:

Nossos resultados operacionais têm passado por mudanças significativas devido a uma série de aquisições, o impacto da remuneração baseada em ações, encargos de depreciação e outros eventos corporativos. Para ajudar nossos leitores a entender nosso desempenho financeiro passado e nossos resultados futuros, nós complementamos os resultados financeiros que prestamos, de acordo com os princípios contábeis geralmente aceitos, ou GAAP, com medidas financeiras non-GAAP. O método que usamos para produzir resultados non-GAAP não é calculado de acordo com o GAAP e podem ser diferentes dos métodos usados por outras empresas. Nossos resultados non-GAAP não são destinados a serem considerados isoladamente ou como um substituto para as medidas GAAP comparáveis e devem ser lidos apenas em conjunto com nossas demonstrações financeiras consolidadas preparadas de acordo com GAAP. Nossa gerência usa regularmente nossas medidas financeiras suplementares non-GAAP internamente para compreender, gerir e avaliar o nosso negócio e tomar decisões operacionais. Estas medidas non-GAAP estão entre os principais fatores de gestão utilizados no planejamento e previsão de períodos futuros. Os investidores são incentivados a rever a reconciliação de nossas medidas financeiras non-GAAP com os resultados GAAP comparáveis, que está anexada ao nosso comunicado de receita trimestral e pode ser encontrada, juntamente com outras informações financeiras, na página de Relações com Investidores do nosso website em www.symantec.com/investir.

@Symantec